Clínica da Dor

Está cansado de sentir dores constantes? Dores que o perseguem a cada dia, em cada tarefa do seu dia a dia? Aquela sensação de energia baixa, sono ruim, memória falhando muito... Nós entendemos o que você sente, estamos acostumados até com aquela mudança de humor que vem com as dores. 

​Nós acreditamos em você, estamos aqui para caminharmos juntos e resolvermos esse problema!

O que é a Clinica da Dor?

É a avaliação e o estudo das dores referidas pelo paciente, levando-se em consideração aspectos físicos, psicológicos e sociais para obtenção de um tratamento mais personalizado.

Quais dores são tratadas?

Tratamos as mais diversas dores, agudas ou crônicas:

1. Dores articulares: na coluna, joelhos, quadril, ombro, cotovelo, punhos, e outras;

2. Dores na coluna: em qualquer parte. A coluna dói por uma serie de causas atuando isoladamente ou em conjunto: lesões nos discos (hérnia ou protrusões), nas articulações (chamadas facetas), por alterações em seu diâmetro ou espessura dos ligamentos, lesões de grupamentos musculares próximos à coluna e ainda por pinçamentos de nervos;

3. Dores no rosto: são as neuralgias do trigêmeo ou dores faciais atípicas. Há uma grande gama de problemas dentários e oromandibulares que ocasionam essas dores;

4. Dores dos nervos: após problemas de coluna, após infecção por herpes zoster, após traumas com estiramento ou esmagamento de braços ou pernas, com consequente lesão de nervos;

5. Dores de cabeça: enxaqueca, cefaleia tensional, cefaleia em salvas e outras;

6. Dores pélvicas e relacionadas à gravidez;

7. Dores relacionadas ao câncer, seja primário ou com metástases;

 torcicolos, dores pélvicas, dores de cabeça, dores relacionadas ao câncer, dentre outras.

Como é o tratamento?

Sempre personalizado!

Medidas físicas, como fisioterapia ou exercícios, e medicamentos são base para qualquer tratamento de dor. 

O tempo de tratamento pode variar de acordo com as queixas apresentadas e o grau de lesão detectada nos exames.

Em casos especiais, há a necessidade de se efetuar procedimentos minimamente invasivos para melhor controle das crises e um período mais duradouro sem tanto incômodo.

Envie dúvidas ou solicite uma consulta: